As melhores motos da Baixada Santista!

13 99730-9500
13 Feb 2014
Lançamentos 2015

Veja as fotos (Clique para ampliar)
26 Dec 2013
Último Café da manhã 2013

Veja as fotos (Clique para ampliar)
26 Dec 2013
História Suzuki

19 Dec 2013
Café da manhã 21/12/2013

Veja as fotos (Clique para ampliar)
11 Dec 2013
Suzuki V Strom 650 2014

Seja pra moer na terra ou pra passear no asfalto esta moto te acompanha em qualquer situação, seja na aventura, emoção ou apenas para dar um passeio. Suzuki DL V-Strom 650-A.

11 Dec 2013
Café da Manhã 14/12/2013

Sábado 14/12 à partir das 9:00h as lojas Casarão Motos, sua Concessionária Suzuki na Baixada Santista oferecem o tradicional Café da Manhã aos amigos e clientes. Aqui você encontra os lançamentos 2014, compra sua moto semi-nova em até 12x sem juros no cartão, aproveita as promoções na nossa loja de peças e acessórios e ainda conta com uma equipe de mecânicos especializados. Vem pra Casarão Motos e curta a vida em duas rodas. Até Sábado!

Veja as fotos (Clique para ampliar)
01 Feb 2013
01/JAN/13 - DE BOSTON AO RIO DE JANEIRO NUMA V-STROM DL 650

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Esta semana, quando eu estava na Casarão Motos Suzuki Santos/SP fazendo a revisão da V-Strom pós viagem, tive o prazer de conhecer o Léo, motociclista Americano com apenas quatro anos de habilitação, que saiu de Boston em Outubro de 2012 para um role até o Rio de Janeiro.

Léo é praticamente um cidadão do mundo, nascido na Itália de uma mãe Mineira e um pai Italiano, se mudou ainda criança para os Estados Unidos o que lhe garantiu três nacionalidades, Italiana, Brasileira e Americana.
Recém formado em Economia e com 27 anos, fala fluentemente Português e Espanhol, além de Italiano e Inglês.

Pilotando também uma DL 650, ano 2008 preta fosca, me contou que após algumas viagens curtas com seu amigo Stefano nos arredores de Boston, lançou a idéia de fazer uma viagem mais longa e brincou dando o roteiro até o Rio, onde morou durante seis meses em 2010.
Steve não pensou duas vezes em dizer sim para a idéia e neste momento começou os preparativos para esta viagem e depois de um ano, trocou sua Virago 1100 por uma V-Strom 2008 (apenas US$ 4.500,00 – R$ 9.000,00) e juntamente com o amigo partiram para a maior viagem das suas vidas. Até então o maior percurso tinha sido de 500 km entre ida e volta para as cidades próximas a Boston.

Com as motocas na estrada e as economias no bolso, desceram primeiro até Miami e depois cruzaram parte dos Estados Unidos até sair para o México, um dos trechos tensos da viagem por conta da guerra do tráfico onde após as 20h nem polícia fica nas ruas.

Leo conta que estranhou o depósito exigido no México para entrada do veículo, onde foi cobrado US$ 400,00 como calção, com a promessa de reembolso na hora da saída, mas como pagou com cartão de crédito, o reembolso demorou 30 dias, sendo que quando pagos em dinheiro, o mesmo é feito na hora.
Em Honduras também houve taxa, cerca de US$35,00, mas sem devolução.

A travessia do Panamá foi conturbada, como muitos amigos do Diário de Motocicleta já comentaram em e-mails e em conversas de botequins. Léo optou por um Catamarã que levou 5 dias de navegação e lhe consumiu mais de US$ 800,00. “Há a possibilidade de negociar com ribeirinhos o transporte por barcos, mas nenhum completa o trajeto todo, então em cada escala é preciso negociar. O valor é mais em conta, mas como não existe tabela, o último barqueiro pode cobrar o que quiser, por que no meio do nada a única alternativa será pagar e isso pode sair muito mais caro.” – afirma Leo.

Na América Latina rodaram pela Colômbia, Equador, Peru com direito a uma visita até Machu Picchu e Cuzco, seguindo depois para a Bolívia e cruzando o Salar do Uyuni.
Desceram para o Chile, cruzaram a Cordilheira dos Andes na altura de Mendoza e partiram para o Sul do Brasil, entrando pelo Chuí.

Até Santos, os amigos rodaram juntos mais de 31 mil km onde o gasto médio foi de US$ 7.000,00, isso por que só dormem em barraca e a viagem tem um foco na aventura e não tanto no conhecimento de pontos turísticos, salvo aqueles indicados pelos moradores locais que fazem sugestões de passeios.

Agora o amigo Stefano voltou para os Estados Unidos e Léo segue sozinho, primeiro seguindo para o Rio de Janeiro para matar saudades da Cidade Maravilhosa e de lá, visitará parentes em Minas Gerais.
Os planos é seguir rumo ao Nordeste via litoral até Belém e de lá decidir o futuro da aventura. O desejo é conseguir patrocínio para atravessar para África e rodar do Senegal até a Itália para reencontrar os avós... mas isso é uma outra história.

Os amigos do Diário de Motocicleta podem seguir o Léo no Facebook e no Blog que conta em fotos a aventura de um motociclista que a bem pouco tempo atrás nunca tinha saído do quintal de casa.

Se alguém souber de empresas interessadas em patrocinar a segunda etapa da viagem, entre em contato com o Léo.

Veja as fotos (Clique para ampliar)
05 Nov 2012
3 e 4/NOV/12

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

No final de semana, entre os dias 3 e 4 de Novembro, aconteceu uma festa sobre duas rodas que Santos há muito tempo não via. Foi comemorado os 14 Anos dos Estradeiros da Liberdade MC em grande estilo.

Realizado na Arena Santos, a estrutura do local deu o toque final as cenas de irmandade e amizade, entre as mais de 4 mil pessoas que compareceram nos dois dias de evento que reuniu expositores e muitos amigos que curtiram um show atrás do outro.

A Arena Santos é um Ginásio prá lá de moderno, construído a pouco mais de dois anos e que oferece uma quadra coberta para mais de 5 mil pessoas e possui uma arquitetura inovadora, com um palco embutido no Ginásio que pode ser usado tanto para o lado externo como interno. Nele apresentaram-se no sábado as bandas Ciclo Vicioso, The Drivers Rock Clube, Creedence Manics e Roberto Seixas que desceu do palco para cantar junto ao público os sucessos de Raulzito.
No domingo foi a vez do Club Roll Band, The Drivers Rock Clube, Banda Wicked e encerrando a festa a Banda Urano.

Solidariedade

A Casarão Motos, um dos patrocinadores do evento, protagonizou dois momentos de solidariedade. Em seu stand foi montado um Lava Moto que teve parte da renda revertida em prol do Fundo de Solidariedade de Santos.
No evento, a Primeira Dama e Presidente do Fundo Social, Sra. Maria Silvia Tavares Papa, recebeu das mãos do Ricardo, proprietário da Casarão Motos e do Rogério, diretor dos Estradeiros da Liberdade MC, uma Cesta Básica, representando simbolicamente os mais de 200 kg arrecadados nas comemorações dos 25 anos da Casarão Motos, e dos vários kg que não paravam de chegar na portaria do evento.

Está previsto para o próximo sábado (10/NOV), a entrega oficial de todos estes alimentos, em um bonde que sairá do Café da Manhã da Casarão – Santos/SP – juntamente com os integrantes dos Estradeiros, com destino a sede do Fundo de Solidariedade de Santos.

Esta entrega, bem como as apresentações das bandas, sorteios e batismo de integrantes contou com a locução experiente do amigo Pica-Pau que conduziu o evento, inclusive com a entrega a todos os Full Patch co Cartão Casarão Prime, oferecido aos clientes e amigos especias da Casarão.

Desejamos estrada longa a todos os integrantes do Estradeiros da Liberdade Moto Clube e parabenizamos por esta brilhante festa!

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.359093517515489.83890.100002445321337&type=1

Veja as fotos (Clique para ampliar)
24 Oct 2012
21/OUT/12 - MAIS DE 150 MOTOS NO PASSEIO DOS 25 ANOS DA CASARÃO MOTOS SUZUKI

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Contrariando todas as previsões de mau tempo, o Sol surgiu forte na manhã do dia 21 de Outubro e prometia um domingo de confraternização e estrada entre os amigos e clientes da Casarão Motos que compareceram ma loja 01 – Santos/SP – para comemorar os seus 25 anos.

A programação começou com um delicioso café da manhã, onde os mais de 130 inscritos puderam degustar de uma mesa farta.

As motos não paravam de chegar e logo a frente da loja, a parte interna e o outro lado da rua já não comportava tantas máquinas das mais diversas marcas e cilindradas... das 125cc até ás 1300cc, todos estavam ali para curtir um dia entre amigos.

Pouco antes das 11h, Ricardo Coelho, proprietário da Casarão Motos, juntamente com o Guga Dias – marketing da empresa e editor do Diário de Motocicleta – iniciaram as instruções sobre o caminho a ser percorrido até Paranapiacaba, pelas contas, mas de 150 motos partiriam para estrada, e dependia de cada um a segurança de todos.

Feito o briefing da viagem – pouco mais de 80 km – em posse das fichas de inscrições, iniciou-se os sorteios de Capacetes Kraft, Sliders da Procton, Alarmes Cobra, Mochila Suzuki, Baú da Proos, além de kits com camisetas e chaveiros.

Os sortudos foram:
• Jorge Ferreria;
• Cláudio Manoel;
• Maurício Rodrigues;
• André Luiz;
• Adilson Roberto;
• Gerson Macedo;
• Anderson Figueiredo;
• Maiker dos Reis;
• João Roberto;
• Diego Apge

Após todos os prêmios sorteados, era a hora de ir para estrada.
O grupo saiu em direção ao Centro de Santos e logo acessou a Via Anchieta e posteriormente a Rod. Dos Imigrantes onde fizeram a primeira parada para juntar o grupo.
Menos de 5 minutos, seguiram subindo a Serra do Mar e na interligação rumo a Via Anchieta, mais uma parada e pista.
Na altura do Riacho Grande o grupo saiu a direita acessando as estradas Caminho do Mar, Índio Tibiriçá e Antônio Adid, onde nova para foi feita para as últimas instruções quanto ao estacionamento na Vila de Paranapiacaba.

No local é proibido o trânsito de veículos de turistas e logo na entrada há um bolsão de estacionamento, no entanto, foi concedido aos amigos e clientes da Casarão Motos, o acesso ao centro de Paranapiacaba, com a condição de passar pela passarela que cruza as linhas férreas empurrando as motos, e as mesmas não deveriam atrapalhar o trânsito de turistas, devendo estas serem estacionadas de forma organizada.

E assim foi feito... mais de 150 motos cruzaram a passarela e os amigos puderam circular entre os museus e pontos turísticos que Paranapiacaba oferece, bem como almoçar ou lanchar nos simpáticos restaurantes que lá se encontram.


Aos poucos, alguns motociclistas iniciaram a volta para casa sob o céu azul que se fez presente o dia todo.
Por volta das 15h30, um grupo grande iniciou a descida para Santos que foi feita pela Anchieta, já que neste horário já estava funcionando o sistema de subida na Imigrantes.

O saldo forma muitas fotos, filmagens incríveis, amigos satisfeitos com mais este passeio da Casarão Motos e o espírito motociclístico elevado a última potência de amizade e confraternização.

Em nome da Casarão Motos, o nosso muito obrigado pela presença de todos e até o próximo passeio!

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.353630464728461.82391.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
24 Oct 2012
19/OUT/12 - Teste Drive Casarão - MIDNIGHT 950 VRS. BOULEVARD M800

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

O desafio do segundo Teste Drive Casarão foi confrontar duas máquinas de peso da linha custom, existentes hoje no mercado.

Colocamos a Yamaha MidNight 950 e a Suzuki Boulevard M800 na estrada para comparar seus desempenhos, e como sempre começamos com uma passada no Posto para calibrar os pneus e encher os tanques.

Aqui a MidNight abra uma vantagem já no quesito capacidade que lhe confere 17 L contra os 15,5 L da Boulevard, que se recupera um pouco por oferecer a 6 marcha, uma a mais que a concorrente.

O sistema de transmissão coloca correia versus carda e discos de freios contra tambor na roda traseira da Midnight e Boulevard respectivamente.

Motocas abastecidas e calibradas partimos para pista com destino à Paranapiacaba/SP – local onde realizaremos o 3° Moto Passeio da Casarão em comemoração aos seus 25 Anos.

Inicialmente fui pilotando a MidNight, e o primeiro trecho urbano, não apresentou muita dificuldade, apenas o desconforto dos buracos e remendos das ruas de Santos, que fizeram a moto pular muito. A suspensão me pareceu muito mole e qualquer caroço na pista faz com que a MidNight se transforme em um cavalo arisco.

Outro aspecto que me chamou a atenção foi o guidon muito aberto, deixando os braços distantes um do outro, o que causa certo receio ao trafegar em corredores, a impressão é que a qualquer momento seus dedos vão parar em um retrovisor.

Esse guidom aberto, somado a um pneu 130 na frente tornam as curvas mais pesadas, principalmente na cidade.
Demorei um pouco para me acostumar com a plataforma e troca de marchas, já que as mesmas podem ser passadas com a ponta da bota ou com o calcanhar.
Como tenho 1,80m de altura, a posição na moto me lembrou a Shadow 750cc, onde a ciclística é bem semelhante e as pernas ficam dobradas quase que em um ângulo reto... parece que você está sentado em uma poltrona.

O torque da MidNight é de no máximo 7,83 kgf.m contra 7,04 kgf.m da Boulevard, uma diferença muito pequena se compararmos a diferença de cilindrada.

Um detalhe que dá a Boulevard uma estrela a mais é quanto ao painel, já que a MidNight o possui sobre o tanque, é preciso tirar os olhos da estrada para conferir velocidade e outras informações, enquanto que na Boulevard, o painel está bem a sua frente, no meio do guidon e basta baixar um pouco os olhos para ter todas as informações necessárias.

Rodamos cerca de 164 km entre ida e volta, o que possibilitou uma boa avaliação sobre aceleração, retomadas e frenagens. Na minha opinião, as duas estão empatadas.

No trajeto de volta, pegamos uma forte serração e congestionamento de caminhões na Via Anchieta, o que nos colocou nos corredores (não faça isso em casa).

Retornando com a Boulevard, a primeira diferença sentida foi na postura sobre a moto, que oferece uma posição mais agressiva, de ataque, e com guidon mais fechado, uma sensação de maior controle nas curvas.

Embora seu freio traseiro seja a tambor, fato muito criticado por motociclistas, o mesmo segura bem a Boulevard, que combina com o disco na roda da frente.

O transito e a neblina fizeram da volta um passeio lento, ainda mais com comboio na parte da Serra.

Esse cenário fez com que a MidNight marcasse o consumo de 23 km/L contra 22 km/L da Boulevard.
Já no que se refere à diversão... as duas cumprem com louvor esta missão!

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.352733588151482.82140.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
24 Sep 2012
24/SET/12 - Teste Drive Casarão - BANDIT 650 S VRS. V-STROM DL 650

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

A Casarão Motos Suzuki em parceria com o Diário de Motocicleta realizou o primeiro Teste Drive Casarão, de uma série que pretende confrontar motos de estilos diferentes, mas de mesma cilindrada. E para começar colocamos duas máquinas Suzuki na estrada que com certeza são o sonho de consumo de muitos motociclistas – Bandit 650 S vrs. V-Strom DL 650.

O teste compreendeu cerca de 208 km onde ambas as motos tiveram seus pneus calibrados e tanques completados até o limite.

Preparadas, a avaliação já começou nas ruas da cidade de Santos, que em alguns trechos e horários, não fica a desejar nada para as grandes cidades quando o assunto é trânsito.

Mesmo com o porte alto da V-Strom e o estilo agressivo e esporte da Bandit, ambas são motos que apresentam fácil dirigibilidade mesmo entre corredores, aonde a V-Strom ganha um ponto a mais por escapar mais facilmente dos retrovisores dos carros que em grande maioria passam abaixo da manopla. O motor da Bandit parece não gostar muito da baixa rotação e a sua potência mexe com o psicológico do piloto na expectativa de ruas livres.

É sempre bom lembrar que em vias públicas a velocidade não pode exceder 60 km/h, salvo vias expressas quando sinalizadas com placas.

Ao cruzarmos a Balsa que liga Santos ao Guarujá, atravessamos mais um trecho urbano com radares, lombadas, semáforos e buracos o que não é o forte da Bandit que sente muito os solavancos.
Superado a zona urbana, finalmente entramos na Rod. Piaçaguera-Guarujá e mais a frente a SP-055 Rod. Rio-Santos. Ai a brincadeira começo e ambas as motos puderam mostrar para o que foram feitas.

Como sou um proprietário de uma V-Strom, pilotei a Bandit nesta primeira parte do teste que previa subir a SP-098 Rod. Dom Paulo Rolim Loureiro, mais conhecida como Mogi-Bertioga.
O Ricardo, proprietário da Casarão Motos seguiu a frente com a V-Strom enquanto eu sentia as diferenças em pilotar uma esportiva pronta a responder a qualquer comando meu.
De cara, o arranque da Bandit deixa caído qualquer queixo e a aceleração é muito rápida e a casa dos 100 km/h facilmente é deixada pra trás fazendo jus aos quase 20 cavalos de força a mais sobre a V-Strom – 85hp contra 67hp respectivamente.

Com um centro de gravidade mais baixo, as curvas podem ser feitas com uma inclinação bem grande que quase passa pela cabeça a possibilidade de raspar o joelho no chão, mas é uma idéia que desaparece tão logo você se lembre que está de calça jeans e não corre no GP de Moto Velocidade.

Como viajo com uma V-Strom há mais de um ano, três pontos me causaram certo desconforto. O primeiro foi o impacto do vento. Mesmo carenada e com bolha, a corrente de vento bate na base do capacete – tenho 1,80 de altura - o que me forçou a abaixar a cabeça e procurar quase colar o queixo no peito, posição bem desagradável, ou me curvar sobre o tanque, o que com o tempo começou a surgir as primeiras e pequenas dores nas costas.
Em terceiro lugar veio uma dor nas palmas das mãos, já que a posição de pilotagem lança o corpo para frente e com um guidão baixo, o peso do corpo se concentra em parte nos punhos.

Essas três observações não ocorrem na V-Strom, onde costumo viajar com a viseira levantada – isso constitui uma infração, eu sei – mas que com a bolha ajustada no segundo nível, a muito não sei o que é um inseto batendo no capacete. Com a Bandit viajar com o capacete aberto é quase que impossível, a não ser que não ultrapasse os 60 km/h o que para um motor esportivo e assobiador é quase uma heresia.

A posição de pilotagem da V-Strom é mais ereta e os braços ficam quase que retos, eliminando as dores nas palmas das mãos citada acima, no entanto, por possuir laterais fechadas e robustas, a V-Strom é mais suscetível a ventos laterais do que a Bandit que, se você colar as pernas no tanque, vira uma massa única e rasga a Serra tanto na subida quanto na descida.

Em se tratando de potência, ambas as máquinas subiram a Serra rumo a Mogi das Cruzes sem esforço algum, e as retomadas de velocidade após algumas curvas fechadas, foram feitas simultaneamente.

Na volta para Santos, eu e o Ricardo trocamos de moto e quando subi na V-Strom tive a agradável sensação de estar em casa, afinal é a moto que piloto e me sinto confortável e mais seguro, embora saiba que os pontos que citei de desconforto sentidos na Bandit são sensações completamente adaptáveis e que no uso constante, tendem a desaparecer.

Eu mesmo quando sai da Shadow 600 e passei para V-Strom senti desconfortos por conta da mudança de posição sobre a moto. Recordo-me que pilotava deitado para trás com as pernas esticadas por conta de comandos avançados, e na mudança, pilotar sentado me rendeu fortes dores na lombar e queimação nos ombros, já que meus braços passaram a suportar parte do peso do corpo, o que não acontecia na moto anterior.

Conversando com o nobre Deputado (Silvio do M.C. Águias do DF), proprietário de uma Bandit 650 N, ouvi o testemunho das adaptações sentidas quando ele deixou a sua XT 600. Como possui cerca de 1,90m, as dores nas penas foram os primeiros sintomas, chegando a lhe causar câimbras nas coxas e as já citadas dores nas palmas das mãos.
O tempo e o hábito curaram as diferenças, mas mesmo assim o Deputado sentiu a necessidade de colocar uma pedaleira para poder esticar as pernas durante viagens longas e uma bolha para minimizar o impacto do vento.

Acho que é a única esportiva com uma nota custom que eu conheço!

Ao termino do teste re-abastecemos as motos e o consumo foi de 22,3 km/lt para a V-Strom e 20,4 km/lt para a Bandit.

A nota de diversão proporcionada por ambas foi 10, o que confere um empate entre essas duas belezas.

Curta as imagens feitas na estrada e fique ligado no próximo desafio!


Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.343468169078024.79471.100002445321337&type=1

Veja as fotos (Clique para ampliar)
30 Aug 2012
25/AGO/12 - Inauguração Espaço Café Suzuki

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Cerca de 120 amigos passaram pela Loja 01 da Casarão Motos Suzuki em Santos/SP, na manhã do dia 25 de Agosto, para prestigiar e curtir o novo Espaço Café Suzuki.

Sempre empenhados em atender cada vez melhor seus amigos e clientes, a Casarão Motos vinha acompanhando o movimento em seus Cafés da Manhã que acontecem todos os sábados em suas lojas (Santos e São Vicente) e resolveu criar uma área em que todos pudessem confraternizar-se sem atrapalhar a passagem das motos em direção a sua oficina, que causava um certo “trânsito” no antigo local do café da manhã da loja Santos.

Agora, os amigos dispõem de um espaço reservado, com entrada lateral sem causar transtornos e com um Mural de Eventos, onde panfletos, cartazes e convites poderão ser fixados... além claro, de um vidro onde integrantes de Moto Clube e Moto Grupos poderão colar seus adesivos.

A Casarão Motos agradece o carinho de todos e avisa que em breve estará comemorando 25 anos da melhor forma que existe, colocando os amigos na estrada... fiquem ligados.

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.332858933472281.76129.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
26 Jul 2012
22/JUL/12 - 2° Moto Passeio da Casarão Motos leva mais de 100 para estrada

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

O domingo do dia 22 de julho amanheceu ensolarado e com a temperatura em elevação antes mesmo dos motores serem ligados para o 2° Moto Passeio da Casarão Motos em comemoração ao Dia do Motociclista.

Mais de 100 motos e cerca de 150 amigos compareceram bem cedo na Loja 1 da Casarão Motos Suzuki em Santos/SP com um único objetivo, curtir uma estrada e passar uma tarde gostosa no O Velhão, situado na cidade de Mairiporã/SP, para aonde o grupo foi guiado e pode desfrutar das delícias do Restaurante As Véia.

O Velhão é uma incrível construção da década de 70, idealizado e construído pelo Sr. Moacyr Archanjo dos Santos que ao se mudar para São Paulo nos idos anos 60, começou a recolher materiais de demolição, já com a idéia de erguer um complexo inspirado na sua grande paixão, os casarões da capital Paulista.

Hoje o Velhão abriga lojas de antiquários, bares, uma escola construída também pelo Sr. Moacyr e que hoje tem seu nome, além de uma Capela e oficinas de marcenaria que atende crianças carentes.
Já no Restaurante As Véia, administrado pela Sra. Iracema – viúva do Sr. Moacyr – a comida caseira em fogão de lenha fecham com chave de ouro um dia neste lugar incrível.

E foi este cenário que a Casarão Motos escolheu para antecipar as comemorações do Dia do Motociclista (27 de Julho) e premiar os 15 Amigos da Casarão Motos 2012.

Este seleto grupo foi escolhido seguindo os quesitos:

• Fidelidade na compra de motos na Casarão;
• Uso da oficina;
• Compra de peças;
• Compra de acessórios;
• Uso do lava moto;
• Prestígio nos cafés da manhã – Loja Santos e São Vicente;
• Prestígio nos Eventos & Passeios da Casarão Motos.

E os agraciados foram:

1- FERNANDO ANDRE DE ARAUJO
2- SONIA DE PAULA GARCEZ
3- MARCIA BOCCHILE
4- LAURO FRANGETTO FILHO
5- JOCENI DE AZEVEDO MARQUES
6- MARCELO ANTONIO SAVIANNI
7- LUCIANO BEZERRA DE MENZES
8- RILDO ALVES DE LIMA
9- MARCO ANTONIO BAPTISTA ANDRADE
10- MARCELO ANTONIO BRANDI
11- SOLANGE ZANETTE PERUCCHI
12- ANDRE LUIZ DA SILVA
13- NIVALDO PIRES DE LIMA
14- CARLOS HENRIQUE DUARTE AMORIM
15- SR. PONTES

Infelizmente por conta de compromissos previamente agendados, cerca de 3 premiados não puderam comparecer, mas os demais ganharam além do almoço pago, uma camiseta Casarão Prime que surge para diferenciar o cliente fiel lhe atribuindo o status de Cliente Especial, adesivos e um Cartão Especial que garantirá 10% de desconto em todos os serviços e compras nas Lojas da Casarão Motos – exceto na compra de motocicletas.

O evento foi organizado pelo Diário de Motocicleta, que juntamente com a Casarão Motos deseja a todos apaixonados pro duas rodas, um Feliz Dia do Motociclista.

Até o próximo passeio!

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.321912971233544.72318.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
17 Jun 2012
17/MAI/12 - 1° Small Bikes on the Road

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Depois de dois finais de semana com muita chuva na Baixada Santista, o Sol surgiu com força na manhã de domingo do dia 17 de Junho, dando uma força para os amigos e clientes da Casarão Motos Suzuki que se inscreveram no 1° Small Bike on the Road, que tinha por objetivo colocar as motos de até 300cc na estrada, com destino até Itanhaém/SP , para curtir um delicioso churrasco na Sede da Facção do Espírito Livre Moto Clube.

Por volta das 10h30, um “bonde” com 13 motos e um carro de apoio saíram da frente da Loja 1 da Casarão Motos e cruzaram as cidades de Santos e São Vicente até a Rod. Padre Manoel da Nóbrega sentido a Litoral Sul.

O trajeto tranqüilo de pouco mais de 60 km, foi percorrido em cerca de uma hora, e surpreendeu pela hegemonia do grupo, que mesmo com cerca de 95% dos participantes sem associação a Grupos de Motociclismo, andou em perfeita formação, garantindo a segurança do grupo durante todo o caminho.

“Uma preocupação que tínhamos era manter todos unidos na estrada. Quando colocamos motociclistas acostumados a viajar em grupo não temos problemas, mas este passeio em especial foi formado por motociclistas basicamente urbanos e andar em formação foi uma experiência inédita para muito deles.” Comenta Guga Dias que organizou e conduziu os clientes da Casarão Motos até o destino final.

Na sede do Espírito Livre Moto Clube, os amigos Jeová e Zulla aguardavam a todos com o Rock ñ Roll na “vitrola” e uma mesa de frutas para o café da manhã, enquanto a churrasqueira preparada iniciava a queima do churrasco.

“Estamos sempre aberto aos amigos e recebê-los bem e de braços abertos é mais que a nossa obrigação, é um prazer sem fim.” Afirmou Jeová, anfitrião e Diretor de Eventos do Espírito Livre MC.

O domingo contou ainda com a presença dos vendedores Adilson e Regiane, do Gerente Sérgio, do churrasqueiro oficial Tiririca e do Ricardo, proprietário da Casarão Motos pilotou sua Burgman 125 e deixou o seguinte convite – “Fiquem ligados na Rádio Casarão que pode ser acessado pelo site www.casaraomoto.com.br, bem como o nosso perfil no Facebook, que em breve novos passeios acontecerão.”

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.306837466074428.68079.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
27 May 2012
26/MAI/12 - Apresentação da Intruder 125 Bobber

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Amigos e clientes da Casarão Motos compareceram ao Café da Manhã da Loja 1 – Santos/SP – para conferir de perto o lançamento do novo serviço de Customização de Motos.

Na ocasião foi apresentada a Intruder 125 Bobber, a primeira de muitas a serem produzidas e que traz a sugestão de segunda moto para os amantes das duas rodas que já possuem motos grandes e buscam uma máquina com estilo e de fácil mobilidade na cidade.

“O amigo motociclista que já tem uma moto de alta cilindrada e quer uma moto para circular na cidade, seja para o lazer ou para o trabalho, agora já pode contar com uma simpática bobber, econômica, de fácil condução e 100% personalizada.” Afirma Guga Dias, Marketing da Casarão Motos Suzuki.

As motos Bobber caracterizam-se por possuir peças de outras motos e até mesmo de carro na sua composição, como na Intruder 125 modificada pela Casarão Motos que possui farol de milha de caminhão, lanterna de Fusca, balança de Fazer entre outras.

A moto apresentada foi muito elogiada pelos presentes e já possui um comprador em vista, mas os amigos e clientes que se interessarem pelo serviço, podem comparecer à Loja Santos e trazer suas idéias que um projeto exclusivo será montado e orçado, e após aprovação, colocado em produção.

Para este serviço, poderão ser utilizadas motos usadas ou Zero km, preferencialmente Intruder 125, com um investimento oscilando de acordo com o gosto do cliente, porém com um valor inicial de R$ 6.000,00.


A Casarão Motos Suzuki – loja Santos – fica na Av. Conselheiro Nébias, 420, Encruzilhada – Tel.: (13) 3202-9500.


Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.294476427310532.65482.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
03 May 2012
28/ABR/2012 - Café da Manhã e inauguração do Novo Painel Loja Santos

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Na manhã do dia 28/ABR/2012 os amigos compareceram ao nosso Café da Manhã para inauguração do novo Painel da Loja Santos.
Trata-se de um banner medindo 5mX2m e que retrata um cenário lindíssimo no Deserto do Atacama, mais precisamente diante do Valle de la Luna no Chile.

A foto foi feita pelo Editor do site Diário de Motocicleta, Guga Dias, durante a sua viagem pelo Caminho do Peabiru, a qual a Casarão Motos foi uma das patrocinadoras.

Passe na nossa loja em Santos e veja pessoalmente esse lindo visual.

Veja as fotos (Clique para ampliar)
16 Apr 2012
01/ABR/12 - Casarão Motos Suzuki promove conscientização contra consumo de bebida alcoólica entre motociclistas

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Na manhã do dia 01 de Abril – e podem acreditar nisso – mais de 60 amigos se reuniram logo cedo para o 1° Moto Passeio da Casarão Motos Suzuki com destino a Itanhaém. Cerca de 40 motos seguiram pelas ruas e avenidas de Santos e São Vicente até alcançarem a Rod. Padre Manoel da Nóbrega e descer rumo ao litoral Sul.

Antes da saída, o Guga Dias orientou os participantes sobre o trajeto a ser percorrido, velocidade, a importância de manter o grupo reunido na estrada, bem como a nova conduta assumida pela Casarão Motos que a partir de agora não oferecerá mais bebidas alcoólicas em suas festas, passeios e eventos.

“É preciso uma conscientização que álcool não combina com direção e isso vale principalmente para motos” – Declara Guga Dias, marketing da Casarão Motos.

No “bonde” havia motos de 1200cc até 125cc que interagiram tranquilamente, andando em formação segura por mais de 50 km até a casa a beira mar em Itanhaém, onde a churrasqueira já fumegava a espera de todos os amigos.

Em alternativa a cervejinha gelada, amada e estimada por todos, a Casarão Motos ofereceu três marcas de cerveja com 0% de álcool, sendo a Liber da Brahma, Schincariol e Kronenbier. O consumo obviamente não foi obrigatório, da mesma forma que todos os participantes assinaram um termo de responsabilidade afirmando que se consumissem bebidas alcoólicas – festa foi à beira mar com fácil acesso a ambulantes – estariam por conta e risco de seus excessos, mas ao contrário de qualquer problema, notou-se que pouquíssimos participantes circulavam com cerveja normal.

No meio da tarde os amigos começaram a se dispersar, onde alguns seguiram mais ao Sul enquanto outros voltaram para casa. Porém dois motociclistas foram convocados a seguir para Delegacia de Polícia de São Vicente para efetuar teste do bafômetro, voluntariosamente para constatar a real dosagem alcoólica que tais cervejas ZERO ÁLCOOL podem conter.

Infelizmente na Delegacia não havia o equipamento de bafômetro e o policial de plantão alertou que mesmo o consumo de cerveja sem álcool, pode acusar excesso no teste, isso por que o Zero anunciado na verdade corresponde a margens de 0,03% a 0,05% de teor alcoólico, ou seja, se o consumo for exagerado, o bafômetro pode acusar níveis acima do permitido por lei, e o motociclista pode ser autuado, ainda que presente de forma espontânea.

Então fica a dica! Cerveja 0% de álcool deve ser consumida com moderação.

O próximo passeio da Casarão Motos está previsto para Agosto, fique ligado!

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.258810040877171.58279.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
16 Apr 2012
24/MAR/12 - Aniversário de 1 Ano da Loja São Vicente - Casarão Motos

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Amigos estiveram presentes no Café da Manhã em comemoração ao 1° Aniversário da loja 02 da Casarão Motos em São Vicente/SP.
Na ocasião foram sorteados brindes aos presentes, de chaveiros e camisetas até um lindo capacete NASA.

A Casarão Motos agradece o carinho e presença dos amigos nesta data tão importante para nós.

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.253678864723622.57014.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
16 Apr 2012
03/MAR/12 - Café da Manhã - Super troca de Óleo MOBIL

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Preocupados com os impactos causados ao meio ambiente por conta do descarte irregular de óleos e embalagens plásticas, a Casarão Motos Suzuki em parceria com os Lubrificantes MOBIL, apresentarão no próximo dia 03 de Março (sábado) um novo sistema de troca de óleo na Loja 1, situada na Av. Conselheiro Nébias, 420, Encruzilhada, Santos/SP, a partir das 9h da manhã.

Este novo sistema ofertado pela MOBIL consiste em um tonel lacrado com 200 litros de óleo que só podem ser extraídos através de uma bomba de sucção pré-programada com a quantidade exata de óleo que comporta cada moto. Com isso, evitam-se desperdícios, respingos e o descarte de inúmeras garrafas com restos de óleo.
Somado a esta consciência, por se tratar de uma bomba de sucção, a troca de óleo é finalizada em pouquíssimos minutos, vantagem mais que conveniente aos clientes da Casarão Motos Suzuki que não dispõe de muito tempo para manutenção de suas máquinas.

O evento será realizado durante o Café da Manhã que a Casarão Motos Suzuki oferece aos seus clientes, ocasião onde serão sorteadas 10 trocas de óleo aos motociclistas presentes.

Para mais fotos, visite nosso Facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.241194892638686.53964.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
17 Mar 2012
25/FEV/12 - Campanha de Doação de Sangue

Por Guga Dias - Diário de Motocicleta

Os Integrantes dos Moto Clubes Motors Vivos e Estradeiros da Liberdade uniram-se para a campanha “Precisamos de Sangue Tipo O SEU” e pretendem no próximo dia 25 de Fevereiro lotar os estoques do Hemonúcleo de Santos na Rua Osvaldo Cruz, 197, Boqueirão, Santos/SP a partir das 8h da manhã.

Esta ação pretende trazer para o Hemonúcleo outros motociclistas da Baixada Santista e Região, uma vez que a divulgação nas redes sociais vem se espalhando a cada dia no sentido de sensibilizar e conscientizara população para os baixos estoques de sangue, principalmente nesta época de carnaval.

Após as doações, todos os motociclistas são esperados na Loja 01 da Casarão Motos Suzuki, situada na Av. Conselheiro Nébias, 420, Encruzilhada, Santos/SP, que oferecerá um Café da Manhã para repor as energias dos doadores, até que ao meio dia, reunidos seguirão para a Sede dos Estradeiros da Liberdade Moto Clube, localizado na Praça Nossa Senhora do Carmo, s/n°, na Ponta da Praia, Santos/SP onde acontecerá um churrasco em confraternização entre os amigos.

A campanha ainda conta com o apoio e divulgação do Diário de Motocicleta Moto Turismo.

Para mais fotos, visite nosso Facebook
www.facebook.com/media/set/?set=a.237602052997970.53160.100002445321337&type=3

Veja as fotos (Clique para ampliar)
Finasa Financiammentos

Crédito sujeito a aprovação. ** As taxas e condições de financiamento podem ser alteradas de acordo com a variação do mercado e sem prévio aviso.

Para qualquer duvidas e ou esclarecimentos clique no link Fale Conosco ou mande um email para suzuki@casaraomotos.com.br ou pelo telefone (13) 3202-9500

Veja Mais

Serviços



Casarão Motos

Loja 1| Santos:13 3202.9500

Desenvolvido por Microsistec